As gostosas do BBB em ensaios da Playboy e Sexy A assistente de palco do João Kleber, Dayse Brucieri
Home » Curiosidades » Você sabia que o Brasil exporta carne de cavalo?

Você sabia que o Brasil exporta carne de cavalo?

A notícia caiu na rede na última semana: a rede de supermercados britânica Tesco teve que retirar das prateleiras de suas lojas todos os hambúrgueres de fabricação própria. O motivo? Autoridades sanitárias detectaram DNA de cavalos e porcos no produto, que era vendido como 100% carne bovina.
Apesar do pedido público de desculpas, a marca foi alvo de protestos e piadas na internet, chegando ao terceiro lugar entre os nomes mais citados no Twitter em 152 países. No vídeo abaixo, um consumidor entra em uma das lojas “vestido” de cavalo:
Os hábitos alimentares são repletos de peculiaridades que variam de país para país, região para região. Muitos países não têm o costume de consumir carne de cavalo, dentre eles o Brasil.
A novidade, nesse caso, fica por conta do destaque que o site Vista-se, considerado o maior portal sobre vegetarianismo do Brasil, deu ao repercutir a notícia: nós somos um dos principais nomes mundiais na exportação de carne de cavalo – mesmo que a ideia de consumi-la nos pareça… estranha.
Somos tão reconhecidos no mercado internacional que só perdemos para a Argentina, segundo o site da marca FAVA – Brazilian Prime Meat, mantida pelo Frigorífico Prosperidad, que fica em Araguari, MG.
No site, a empresa diz que exporta para países da Comunidade Europeia e Ásia e explica que“o clima, a mão-de-obra e o espaço” garantem ao Brasil uma produção de animais de ponta acustos competitivos. Além disso, destaca o uso de sistemas de abate humanitário, sem tortura e morte violenta.
O Vista-se mostra um vídeo com imagens de um abatedouro por dentro:
O que você acha disso?
Da Super Interessante

Olhe Isso

Aos 105 anos Japonês é o mais rápido nos 100 metros

Hidekichi Miyazaki imita Bolt após estabelecer recorde para atletas com mais de 105 anos (Foto: …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: