Juliana Isen nua na Sexy de novembro 2016
Home » Curiosidades » Consumo diário de vinho aumenta tempo de vida de sobreviventes de infarto

Consumo diário de vinho aumenta tempo de vida de sobreviventes de infarto

Pesquisa feita com quase 12 mil homens e mulheres mostra que hábito também reduz risco de sofrer um novo ataque cardíaco em 13%

Pesquisadores da Harvard Medical School, nos EUA, descobriram que além de prevenir doenças cardíacas, o consumo diário de vinho tinto pode aumentar a expectativa de vida de pacientes que já sofreram ataque do coração.

A pesquisa demonstra que pacientes que tiveram um ataque cardíaco são menos propensos a ter um segundo, e têm mais chance de viver mais tempo, se consomem vinho. As informações são do Daily Mail.

O estudo, publicado no International Journal of Cardiology, é um dos primeiros a olhar como o vinho afeta a mortalidade de quem já tem doença cardíaca grave.

Os pesquisadores acompanharam 11.248 homens e mulheres italianas que recentemente haviam sobrevivido a ataques cardíacos.

Eles estudaram os hábitos alimentares, bem como seu consumo de vinho. Eles, então, os acompanharam para ver quantos sofreram mais problemas cardíacos nos três anos e meio após o primeiro infarto e quantos morreram nos sete anos depois.

Os resultados mostraram que aqueles que beberam até meio litro de vinho por dia foram 13% menos propensos a sofrer um novo ataque cardíaco e tiveram uma taxa de mortalidade 17% menor do que os não bebedores.

"Os nossos dados sugerem que, em indivíduos com doença cardiovascular prévia, o vinho tem efeitos semelhantes aos da população em geral. Em nosso estudo, os indivíduos que bebiam vinho pareciam mais saudáveis do que aqueles que não ingeriam a bebida", afirmam os pesquisadores.

A equipe afirma que os resultados se aplicam apenas aos pacientes que já tinham hábito de beber vinho em uma base regular, quando se juntaram ao estudo.

Eles alertaram para vítimas de ataque cardíaco que querem aderir ao hábito apenas para tentar evitar problemas futuros. Vinho tinto em particular foi encontrado para ter um efeito protetor, quando consumido como parte de um estilo de vida saudável.

Ele contém antioxidantes que previnem doenças do coração, reduzindo o acúmulo de colesterol nocivo e a inflamação nos vasos sanguíneos.

Do R7

Nyvi Estephan Playboy de outubro 2016

Olhe Isso

japones-e-mais-rapaido-aos-105-anos

Aos 105 anos Japonês é o mais rápido nos 100 metros

Hidekichi Miyazaki imita Bolt após estabelecer recorde para atletas com mais de 105 anos (Foto: …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: